Amo voar, gente

Falei aqui esses dias que queria viajar por terra e ironizei os aeroportos, né? Pois bem, que o castigo veio a jato.

Minha jornada pela Índia começa na região dos Himalaias. Depois de alguns dias em Delhi, vou para o extremo norte do país em direção a Leh, capital da região do Ladakh, que dizem ser o Tibet indiano. Tinha ouvido falar de uma estrada de tirar o fôlego que chega até lá saindo de Manali, uma estação turística pop no norte da Índia. Estrada cênica? Opa, aqui mesmo!

Fila indiana (literalmente) na beira do despenhadeiro.  (Jace / Creative Commons)

Fila indiana (literalmente) na beira do despenhadeiro. (Jace / Creative Commons)

Pesquisa vai, pesquisa vem, descubro que o título de estrada superlinda vem associado ao de superperigosa. Na verdade, ela passa a maior parte do ano fechada por causa do mau tempo (que começa justamente em outubro). Além disso, é uma minhoquinha estreita que vai cortando montanhas altíssimas, e se algum carro quebra ou tem acidente, bom, meu amigo, esteja pronto para acampar na estrada e perder dois dias de viagem.

Você pode perguntar: ué, cadê o espírito aventureiro? Minha parca experiência indica que só os perrengues totalmente imprevisíveis estão de ótimo tamanho para a coleção. Já fiquei presa em uma vilinha do interior do Peru por causa de estrada ruim, e depois de uma tentativa frustrada de chegar a Machu Picchu e de quase rolar Andes abaixo com um desabamento, só digo que beijei o chão de Cuzco quando consegui voltar sã e salva.

Abro o Skyscanner e vejo que tem um vôo de hora e pouco entre Delhi e Leh. Aeroporto lindo, também te amo, esquece tudo aquilo lá <3

Anúncios

8 Comentários on “Amo voar, gente”

  1. Nas suas expedições, quanto tem de aventura e quanto tem de planejamento?
    Amyr Klink – Se depender de mim não tem nada de aventura. Detesto aventura. Num barco eu não quero aventura, e sim ter certeza que eu vou sair, fazer uma volta ao mundo e voltar num dia bom, num lugar que eu escolhi. Aventura são os imponderáveis do dia a dia. As dificuldades técnicas, burocráticas. Mas pra falar a verdade eu gosto. É difícil, é chato, desanima, mas é o que dá valor no final.

    Você está certa! Boa viagem! Bom planejamento! Boas aventuras!

  2. Aline disse:

    Hahaha, entre o medo de voar totalmente irracional e o medo de ficar presa numa estrada minhoquinha: avião, seu lindo mesmo!

  3. Aline disse:

    adoroooooooo! rs

  4. Luísa disse:

    hahahaha


Comentários aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s