Tempero na veia

Paneer (tipo queijo minas) afogado em algum molho bem temperado e roti, o pão básico aqui.

Paneer (tipo queijo minas) afogado em algum molho bem temperado e roti, o pão básico aqui.

Atendendo a pedidos, vou falar o pouco que sei (e experimentei) da cozinha veramente indiana nesta semana.

Muitos aqui são vegetarianos, então a maioria dos lugares só oferece isso mesmo. Na categoria dos itens não vegetarianos mais comuns, estão ovo, frango e cordeiro. O leite é permitido a todos. Segundo me explicaram, o ovo é não vegetariano porque poderia virar um pintinho, então comê-lo significa interromper uma vida prematuramente.

Aqui é o lugar perfeito para investir no vegetarianismo, coisa que tentava fazer há séculos no Brasil sem muito sucesso. Tem muita variedade de vegetais, cereais, massas e derivados de leite – e muita variedade no preparo também. Carne de vaca ainda não encontrei. O fato de o animal ser sagrado no hinduísmo acaba criando um tabu sobre o assunto, mesmo para quem não segue a religião.

Como só visitei duas regiões, fica difícil fazer um panorama completo da culinária local, mas algumas coisas já são bem características. Primeiro, o reino completo dos temperos: vermelho, amarelo, verde, iogurte, molhos doces, etc (às vezes vem tudo misturado). Os pratos são uma overdose de cor, cheiro e sabor. Mesmo quando você pede alguma coisa ‘no spicy’, pode ter certeza que vai vir aquele curry básico. Acho que eles estão tão acostumados que o paladar já não identifica a força do tempero, que é servido normalmente no café da manhã com omeletes e batatas, por exemplo.

O pessoal aqui também gosta muito de fritura e tudo bem açucarado e colorido nos doces. Uma coisa que amo e tomo toda hora é o famoso chai (chá com leite e especiarias, para os não iniciados) que é maravilhoso sempre.

Entre as coisas parecidas com o Brasil estão o chicken tandoori (frango assado) e o rice/dal, que são o arroz com feijão (às vezes lentilha). O popular paneer é tipo um queijo minas, e também é fácil achar springrolls (rolinhos primavera) e o momo, um bolinho cozido recheado com vegetais que parece muito o guiozá japonês.

A boa notícia é que já estou aqui há uma semana e não passei mal – na verdade estou adorando tudo. Minha estratégia é comer em lugares recomendados pelos donos dos albergues e taxistas ou tentar achar algum lugar mais arrumado. Se nada funcionar na hora da fome, sempre levo bolachas, chocolates e snacks na mochila. Para não esquecer que estou na Índia mesmo no improviso, até a batata frita de saquinho que estamos acostumados no Brasil é sabor masala, daquela de escorrer uma lágrima do olho de tão temperada.

Anúncios

24 Comentários on “Tempero na veia”

  1. Deb, achei que passar mal com a comida fosse regra na India….Que bom que vc está me mostrando que isso é mito ou que, pelo menos, pode ser evitado….Estou tomando coragem!!!!

  2. Débora Cronemberger disse:

    eu comi desse pão roti na Malásia e amei, queria comer todo dia. realmente, cheguei à mesma conclusão de que o conceito “no spicy” é incompreensível na cultura asiática. mesmo que você peça algo sem pimenta, pode ter certeza que vai vir apimentado, ainda que seja pouco (o que mesmo assim era uma pancada para meu paladar desacostumado). beijos, Deb!

  3. camis ceylão disse:

    Débora, mto interessante ver seu post aqui hj! Dia 16 foi o dia mundial da alimentação e aqui em bsb rolou um seminário sobre cultura alimentar, onde uma antropóloga apresentou seu trabalho de mestrado sobre a culinária indiana. Eu achei demais saber das enormes diferenças culturais que temos! vou deixar o link aqui caso vc tenha interesse ;)
    http://www.dan.unb.br/images/doc/Dissertacao_267.pdf

    Beijos e boas aventuras ai!

  4. Aline disse:

    Nossa, eu adoraria vivenciar toda essa cultura gastronômica de perto!! adoro comer coisas diferentes!!! rs.. ahhh, traz as ervas! aí quando vc estiver aqui em Fernandópolis vc me convida para tomar um chai!! hahaha.. eu gosto mto de chá! teve uma época que tomava todos os dias! bjssss!!!!

  5. Simone Caldas disse:

    Bom saber que tudo corre bem. Aprenda a fazer alguns pratos para nos servir na sua volta. bj.

  6. Rodamundo disse:

    Cheguei semana passada de Délhi e sofri com a comida, pois não curto nada picante. Boa sorte com a gastronomia indiana!

  7. Fábio Sanches disse:

    Puxa vida, estou encantado!!! Curta o quanto puder e mais um pouco!!! Beijão e, se cuide!

    • deborazampier disse:

      Aproveite o encantamento e anime de vir um dia, o melhor de tudo é que tudo é barato! Uma refeição completa com bebida raramente sai por mais de 10 reais. Bj

  8. Isa Gardes disse:

    Aiii! Desejei cheese naan! Lasy e principalmente chicken roll <3

    • deborazampier disse:

      Ainda nao achei lasy, do que se trata Isa? E tambem ainda nao entendi qual a diferença entre o naan e o roti, é a mesma coisa com nomes diferentes nas regiões?! Ajuda aí no esclarecimento!

      • Isabela disse:

        Lasy é tipo um milkshake, mas sem sorvete. O mais comum era o de banana. Em algumas regiões vc acha o bong lasy tbm. Super gostoso! Vale a pena experimentar.
        E o negócio do naan eu não sei, só comi naan mesmo!
        Mas o chicken roll era minha paixão gastronômica!
        Um dia se tiver coragem, experimenta na rua water ball. É a maior mistura de temperos com líquido e pastoso com crocante da minha vida! Mas não achei gostoso

      • deborazampier disse:

        Eu vou provar o lasy hojeeee! Aí te falo! Bj

  9. Amanda disse:

    Amei a explicação do leite com os pintinhos! Alguns vegetarianos precisam ler isso!

    • deborazampier disse:

      Hahaha por causa dos veganos amiga? Aqui tem uma religião, o jainismo, que os seguidores são ate mais radicais: eles não comem nada que precise tirar da terra, tipo batata. Aí complica!!!

  10. Eslei R. Paladin disse:

    Que legal Débora! Me parece muito apetitoso ;)

  11. Aline disse:

    com certeza, eu ia adorar essa comida toda! bjs..


Comentários aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s