Tá e não tá

Quando alguém me pergunta se está tudo certo para a viagem, fico sem saber o que responder. “Tá e não tá”, arrisco, deixando o interlocutor satisfeito com tamanho esclarecimento.

Em geral, sou daquelas xiitas com planejamento. Para desespero de quem gosta de relaxar andando a esmo nas férias, só consigo chegar em algum lugar com tudo meio esquematizado (se possível, até os mapas já vão meio meio decorados). A-M-O guias. Isso acontece porque não costumo repetir destinos e tento maximizar o aproveitamento do esquálido período de férias.

Freak dos guias

Dessa vez, tive que adaptar esse espírito metódico para sobreviver ao ano sem surtar. Fiz um planejamento macro de todo o mochilão, com a média de tempo que pretendo passar em cada país e o rumo que vou seguir.

O planejamento médio, com a ordem das cidades, transporte e possíveis hospedagens, só tenho para os primeiros meses. Os meses seguintes vão sendo programados de lá, aos poucos, sucessivamente. Uma regra que criei nessa etapa foi destacar logo de início os festivais e eventos imperdíveis com data marcada, reservando hotéis e passagens com antecedência. Nos demais destinos, costumo separar entre duas e três opções de hospedagem próximas para dar uma olhada na hora. Albergue é assim, tem que bater o santo.

O planejamento micro, com as atrações de cada lugar, vai ser relembrado nos dias anteriores à visita, com o guia na mão, entre um trem e outro.

Anúncios

2 Comentários on “Tá e não tá”

  1. Aline disse:

    amei as fotos!!


Comentários aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s