Sri Lanka + comida

Só hoje, entre monótonas garfadas de arroz frito com vegetais , biscoito oleoso e ketchup, percebi que malemá comentei sobre a comida do Sri Lanka. Interessante que o antifeito resulta mais de falta de motivação que de esquecimento. Por que sabe aquela atração culinária típica imperdível? Aqui, hm… não, especialmente para vegetarianos.

Sri Lanka e Índia têm duas semelhanças marcantes no menu: comida com curries e temperos e uma substanciosa herança chinesa. Todo restaurante local, em ambos os países, tem arroz e macarrão frito, por exemplo.

Sobre a comida típica sinhalesa, alguns “destaques”:

9540

Cheese roti

Roti –ainda que com o mesmo nome do primo indiano, o esquema daqui parece bem diferente: o pão é elástico, usado mais como um crepe para envolver recheio (vegetais, ovo, queijo, peixe, etc), e não como acompanhamento de um prato cheio de molho, como acontece na Índia.

Rice and curry – hit local e meu preferido. Como já adiantei no outro post, é a mistura de uma tigelona de arroz com um biscoito frito e pelo menos três outras tigelinhas variadas de legumes/lentilhas/verduras/carnes/peixes/ovo/frutos do mar, tudo bem temperado. Lembra um pouco o Thali indiando, mas sem tanto molho na mistura.

Egg kottu

Kottu – outro hit local, é o pão do roti picotado na chapa e frito com os ingredientes que iriam no recheio. É tão popular que até o miojo daqui tem sabor kottu. Particularmente não gosto muito: ou fica muito seco, ou muito oleoso.

Devilled dishes: não posso opinar porque nunca pedi, mas essa forma de preparar carnes, frango, peixes e frutos do mar aparece em todos os cardápios. Pela cara que as pessoas fazem ao comer, parece bem picante.

Pastries –pessoal do Ceilão adora um salgado/pão doce, e tem para todos os gostos: assado, frito, vegetariano, com frango, com peixe, açucarado, recheado com geleia… Sentar na padaria e pedir um prato de salgados é praticamente uma entidade nacional.

95231

Egg hopper

Hoppers – uma massa feita com farinha de arroz e coco, pode vir no formato de uma cestinha frita em panela wok ou como macarrão tipo miojo, o hopper strings. A cestinha é popular no café da manhã com um ovo dentro, como o da foto ao lado.

Coco amarelo – democracia em forma de fruta. Em todo lugar do Sri Lanka, das moradas mais abastadas às taperas de chão batido, lá está ele para aliviar uma tarde de calor pesado. E depois de beber água docinha, o tcham é raspar a deliciosa gelatina branca do recheio. Dois em um e melhor impossível para segurar as economias mochilísticas.

p.s.: quase quatro meses depois, nenhuma comida me derrubou. Pensando hoje sobre o assunto, concluí que a conversão definitiva ao vegetarianismo logo no início da viagem deve ter colaborado para esse resultado. A procedência das carnes, imagino, é bem mais difícil de acompanhar.

Anúncios


Comentários aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s